Notícias

Novo depoimento de Alexandra teve cerca de 5 horas de duração; ela alega que não teve intenção de matar o filho

Postado dia 01/06/2020

Novo depoimento de Alexandra teve cerca de 5 horas de duração; ela alega que não teve intenção de matar o filho

Ela respondeu a mais de 200 perguntas de três agentes policiais

Alexandra Dougokenski, 32 anos, mãe do menino Rafael Mateus Winques, 11 anos, encontrado morto na última segunda-feira (25) na cidade de Planalto, prestou novo depoimento. No sábado, 30, ela foi ouvida por cerca de cinco horas no Palácio da Polícia, em Porto Alegre. A mulher está presa no Presídio Feminino de Guaíba.

Segundo o delegado Eiberth Moreira Neto, Alexandra manteve a sua versão, explicando que decidiu ocultar o cadáver de Rafael logo após verificar os seus sinais vitais e perceber que estava morto, principalmente pela presença do outro filho, um adolescente de 17 anos, dentro de casa. Quanto ao restante do depoimento, garantiu ser um interrogatório extenso, mas esclarecedor.

Esclarecemos questões abertas na investigação, inclusive, envolvendo bem a dinâmica do fato. Logicamente tem situações que são alegações da defesa e da própria investigada que a nossa linha de investigação não adere. Retornaremos a Planalto para dar continuidade a essas questões —  comentou.

O advogado Jean Severo voltou a sustentar que Alexandra não teve intenção de matar o filho e descartou a participação de outra pessoa no crime. - Ela respondeu a mais de 200 perguntas de três agentes policiais, não se furtou a nenhuma pergunta e demonstrou uma coerência corretíssima sobre os acontecimentos — garantiu o defensor. *Com informações da GZH.

 

 

 

Por Redação Portal In Foco RS

Martinho
Francisco.

Saiba mais sobre o apresentador

Ir para o site

Programa Eu Sou do Sul