Notícias

CTG Rancho da Saudade vence o Enart pela sexta vez

Postado dia 20/11/2018

CTG Rancho da Saudade vence o Enart pela sexta vez

CTG Tiarayú, de Porto Alegre, ficou em segundo lugar

Depois de quatro anos desde o último título, o CTG Rancho da Saudade, da cidade de Cachoeirinha, na 1ª Região Tradicionalista, conquistou o troféu de grande campeão da Força A das danças tradicionais durante do 33º Encontro de Artes e Tradição Gaúcha (Enart), encerrado na noite desse domingo em Santa Cruz do Sul. A invernada obteve a conquista pela sexta vez e é a segunda maior vencedora, apenas superada pelo CTG Aldeia dos Anjos, de Gravataí. O CTG Tiarayú, de Porto Alegre, ficou em segundo lugar.

O anúncio ocorreu no ginásio poliesportivo e cultural do Parque da Oktoberfest apenas depois da meia-noite após a apresentação do CTG Imigrantes e Tradição, de Caxias do Sul, vencedor do Festival Gaúcho de Danças (Fegadan) deste ano e uma espera de quase duas horas para a análise de cinco recursos de entidades contestando as notas das avaliações.

Título na Força B vai para São Borja 

O primeiro lugar nas danças tradicionais da Força B foi obtido pelo Centro Nativista Boitatá, de São Borja. O grupo garantiu a participação na Força A do próximo ano. A 1ª Região Tradicionalista, da área metropolitana de Porto Alegre, conquistou o troféu rotativo Marca Grande ao somar o maior número de pontos em todas as modalidades durante a fase final do Enart. A invernada do Piquete de Tradições Gaúchas (PTG) Bocal de Prata, de Osório, foi eleita como grupo de danças mais popular. O vencedor da chula foi Jean Marques da Rocha, do CTG Tiarayú, de Porto Alegre.

Mais de 2 mil artistas no encontro 

Com apresentações em dez palcos em diversos locais, o Parque da Oktoberfest, em Santa Cruz do Sul, se transformou no coração do tradicionalismo e do amor pela cultura gaúcha no fim de semana. Considerado pela Unesco como o maior de arte amadora da América Latina, o 33º Enart reuniu entre a noite de sexta-feira e este domingo 2 mil artistas amadores apenas nas modalidades de danças tradicionais das forças A e B. Com as categorias individuais, o número chegou a 3 mil competidores na final do evento, procedentes da 30 regiões tradicionalistas do Rio Grande do Sul. As 600 apresentações apenas terminaram na noite de domingo.

 

Com informações de Correio do Povo

 

 

Martinho
Francisco

Saiba mais sobre o apresentador

Ir para o site

Programa Eu Sou do Sul