Notícias

Famurs cobra promessa de quitação dos débitos da Saúde, após venda de ações do Banrisul

Postado dia 12/04/2018

Famurs cobra promessa de quitação dos débitos da Saúde, após venda de ações do Banrisul

As dívidas do Estado com os programas municipais da saúde ultrapassam R$ 420 milhões

Após o governo do Estado ter arrecadado R$ 484 milhões, na terça-feira, 10, com a venda de ações preferenciais do Banrisul, o presidente da Famurs, Salmo Dias de Oliveira, cobrou a promessa de quitação dos débitos da saúde. “Esperamos que os recursos provenientes desta ação, sejam utilizados para pagamento das dívidas do Estado com os programas municipais da saúde, que ultrapassam R$ 420 milhões”, afirmou.

Salmo reiterou a solicitação para quitação dos débitos pendentes por parte do Estado, que foram acordados no ano passado com o governo do Estado, entregando documento ao governador José Ivo Sartori.

Salmo lembra que em novembro de 2017, em reunião na sede da Famurs com representantes das 27 Associações Regionais que compõem a entidade e do governo do Estado, foi entregue ao então secretário-chefe da Casa Civil, Fábio Branco, as propostas voltadas à quitação destes débitos. Naquela ocasião, o dirigente da Famurs alertou sobre a insustentável situação enfrentada por muitos municípios, que continuam arcando com mais de 37% do seu orçamento para a manutenção dos serviços de saúde. A viabilidade do pagamento dos débitos havia sido condicionada pelo governo à venda das ações do Banrisul, mesmo considerando coerentes as alternativas apresentadas pela Famurs para a quitação.

 

 

Rádio Ponto Norte com informações de Famurs

 

Martinho
Francisco

Saiba mais sobre o apresentador

Ir para o site

Programa Eu Sou do Sul