Notícias

TRF4 nega afastamento de Moro em processos da Lava-Jato

Postado dia 24/08/2017

TRF4 nega afastamento de Moro em processos da Lava-Jato

Exceções de suspeição foram movidas por ex-diretores da Iesa e Queiroz

A 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região negou por unanimidade, em sessão realizada nesta quarta-feira (23), quatro exceções de suspeição movidas por réus da Lava-Jato contra o juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba, Sergio Moro. Otto Garrido Sparenberg e Valdir Lima Carreiro, ex-diretores da Iesa, e Othon Zanoide de Moraes Filho e Ildefonso Colares Filho, ex-diretores da Queiroz Galvão, argumentavam que, por ter se dado como suspeito num inquérito de 2007 envolvendo o doleiro Alberto Youssef, o juiz deveria se afastar das demais investigações relacionadas. 

O relator dos processos da Lava-Jato no TRF4, desembargador João Pedro Gebran Neto, disse que esse argumento já foi superado em outro processo semelhante julgado pela 8ª Turma. Lembrou que Moro se deu por suspeito na oportunidade por atos praticados pela Polícia Federal com os quais ele não concordava, e não por causa do investigado.

Com a decisão, Sergio Moro segue à frente dos processos criminais contra os ex-diretores da Iesa e Queiroz Galvão.

Fonte/Rádio Gaúcha

Martinho
Francisco

Saiba mais sobre o apresentador

Ir para o site

Programa Eu Sou do Sul